"Amei as palavras e as odiei. Espero ter usado-as direito." - Liesel Meminger
" A saudade não mata porque tem o poder de torturar!"

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Competir faz parte da vida.

Tudo começa antes mesmo de chegarmos a esse mundo. A primeira batalha é contra os fatores que impedem nossa sobrevivência, é uma batalha longa, mas que temos que enfrentar o tempo todo ao decorrer da nossa vida . Depois disputamos a atenção do pai e da mãe. Mais tarde traçamos a primeira batalha contra um adversário fortíssimo que está quase sempre presente nas nossas decisões: o medo. Quando vencemos a primeira batalha contra ele conseguimos dar o primeiro passo, e assim descobrimos o prazer de caminhar. Logo após lutamos lado a lado com a curiosidade e desvendamos o mistério das palavras. As vezes competimos dentro do círculo familiar pela atenção dos mais velhos.
Quando estamos maiores, competimos com a vergonha e enfrentamos o primeiro dia de aula. Em consequencia enfrentamos a timidez e conquistamos o primeiro amigo. Também competimos muito para ver quem fez o melhor desenho, pra conseguir aprender a ler primeiro.
Mais tarde, com a curiosidade de novo ao nosso lado, descobrimos a paixão. Muitas vezes perdemos essa primeira batalha, pois não somos correspondidos. Até que felizmente os olhares se encontram, mas lá está de novo o medo. Lutamos contra ele e descobrimos a magia do tão esperado primeiro beijo.
Competimos uma vaga na universidade, uma vaga no emprego, competimos praticamente em tudo. No decorrer da vida enfrentamos competições fáceis e difíceis. Mas estamos sempre lutando, pois a vida é uma eterna competição, onde nem sempre saímos vitoriosos.

Pauta para Blorkutando: "Eterna Competição"

3 comentários:

  1. atoron seu blog,te deixei um selo no meu blog,pega lá :] bjbj :*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, adorei! Ah, teu blog é perfeito. Você escreve muito muito bem :D
    Beijos :*

    ResponderExcluir